Portuguese English French German Italian Russian Spanish



Suco Verde

 

O PODER CURATIVO DOS SUCOS CLOROFILA: CONCENTRAÇÃO DE ENERGIA SOLAR

A clorofila em si não tem valor alimentício, mas é o maior elemento depurador do organismo. É  o verde das folhas ou alimentos. Ela aprisiona os raios solares e quando tomamos seu suco, na verdade estamos tomando um suco de LUZ DO SOL.  Metaboliza o oxigênio no sangue, purificando-o e limpando os rins, fígado, vias urinárias e intestinais. Absorva diariamente uma dose de clorofila, através de sucos ou saladas cruas e mantenha seu corpo limpo e desintoxicado. Você pode  extrair a clorofila de qualquer verde: chicória, couve, alface, hortelã e até da grama.

É importante lembrar que estamos enfatizando a clorofila, mas estes alimentos contém inúmeras substâncias essenciais ao nosso organismo. Por ex: todos os verdes escuros têm muito cálcio, 2 a 3 folhas de couve suprem as necessidades diárias de cálcio[equivalente a 1 copo de leite] e com a vantagem de não ter antibiótico e hormônios  contidos no leite.  Para retirar o  excesso de agrotóxicos se não for orgânico, deixe de molho por 20 minutos em água limpa com um pedaço ou 2 colheres de carvão vegetal.

 

Material para suco:

Liquidificador ou centrífuga
Coador
Maça [2 médias]
Pepino  para ser usado como socador [1]
Raiz: cenoura, batata doce, baroa, etc., [ 1 a 3]
Folhas verdes[couve, espinafre, repolho, alface, brócolis, ou um punhado de grama de trigo [veja orientação à seguir]
Folhas cheirosas: hortelã, capim santo, angélica, manjericão, alfavaca, funcho etc.,
Brotos – um punhado: trigo, amendoim, linhaça, girassol, etc.,
Boa vontade e crença de que a mãe natureza pode nos curar.
Antes de tomar o suco, agradeça a mãe natureza pela dádiva.


Num suco de clorofila é sempre bom observar algumas regras:

 
usar como base a maçã sem semente, para glamourizar ou dar sabor aceitável. Lave bem a maçã, não precisa retirar a casca, pique e coloque no fundo do  liquidificador. Ligue o liquidificador e vá apertando com o pepino[socador]  também, ele é refrigerante e contém muita água. Aperte com um socador de feijão e coe.
É preciso fazer ou comprar com bom coador, mais ou menor 30 de altura por 20 de largura e o ideal é que seja de algodão bem fininho, musseline ou organza. Faça uma costura reforçada por dentro, para que não rasgue ao se espremer  para a retirada do suco.
Combinar em média 3 a 4 folhas diferentes ou usar um só tipo a cada suco. Nunca misture  muitos ingredientes, pois dificulta a digestão e pode provocar gases.
Sempre coloque algum verdinho cheiroso, tipo hortelã, funcho, erva cidreira, capim cheiroso, alfavaca, manjericão, etc.,
Bons  exemplos: couve, chicória e hortelã; alface, couve flor e manjericão;  couve, repolho e funcho, etc.,
Bata primeiro a maça e o pepino. Coe e volte com o líquido para o liquidificador novamente. Acrescente aos poucos os verdes  e os brotos  e coe.
No liquidificador o aproveitamento é maior, mas pode-se optar pela centrífuga.
Tome logo em seguida. Não se deve guardar este suco.
Deve-se tomar em jejum, para melhor assimilação. Em 15 minutos este suco já está na corrente sanguínea e se transforma em  hemoglobina[oxigena o sangue].


Extraído do Livro: Técnicas de desintoxicação do Organismo de Eunice de Almeida

 

Rua Maria Eugênia, 303 – Humaitá 

22261-080 – Rio de Janeiro – Brasil
Tel 0xx-21- 2535-0349

www.unindocoracoes.com.br 

      

 Venha nos visitar

Nossa Localização

clique no mapa para ampliar